quarta-feira, 23 de março de 2011

O Estilo Dilma Rousseff ou Por que pagamos tantos impostos?

NÃO SAIBA A TUA MÃO ESQUERDA O QUE FAZ A DIREITA.



Já faz algum tempo que o deputado e ex-ministro Roberto Cardoso Alves denegriu as palavras de São Francisco 

--"É dando que se recebe"--

ao usá-las para descrever a sua forma de praticar política.




Parece que agora o Estilo Dilma Rousseff de governar aproveita-se de uma outra frase bíblica para inspirar seu governo.



   
" quando derdes esmolas, que não saiba a vossa mão esquerda o que faz a direita. Para que a esmola fique escondida, e vosso Pai que vê o que vós fazei em secreto, vos pagará"  Mateus.



Enquanto a mão direita do governo dá esmolas aos seus mais diretos parceiros; a esquerda, ignorando o fato, é levada a fazer cortes no orçamento. 




Vejamos algumas dessas "esmolas" (gentilmente oferecidas com nossos impostos pela mão direita do governo):


Fim de semana passado, a presidente Dilma Rousseff anunciou a criação da Secretaria Especial de Aviação Civi, com status de ministério. O comandante da inutilidade burocrática, ainda não escolhido oficialmente, será nosso 38° ministro.
http://3.bp.blogspot.com/_O6qM4ekEjlQ/SR2xQwvoTsI/AAAAAAAAAGA/UQxkEBzzhBE/s400/charge+dilma+obama.gif
 
Note que o governo americano, por exemplo, funciona muito bem com 15 secretarias de Estado. Já a China, não democrática e com uma população imensa, os ministérios são 27!

O primeiro escalão do governo brasileiro sofre de obesidade mórbida, mas Dilma acha que é pouco. Além do administrador do tráfego aéreo, ela quer pelo menos um ministro das Pequenas e Médias Empresas e um  ministro para a futura Secretaria Especial de Irrigação.

Como entender uma presidente que, enquanto promete cortar R$ 50 bilhões do Orçamento (mão esquerda), aumenta a gastança com invencionices perdulárias (mão direita)? 

Por que não encarrega o Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio de cuidar das pequenas e médias empresas? 
Por que não deixa a Aviação Civil por conta de um Ministério dos Transportes que funcione? 
Por que não inclui a irrigação entre as atribuições do Ministério da Agricultura?

Enquanto isso, a mão esquerda do governo  decidiu reter cerca de R$ 30 bilhões do Orçamento aprovado pelo Congresso Nacional em dezembro!

Por exemplo, os benefícios previdenciários foram reduzidos em R$ 2 bilhões. Os fundos do Desenvolvimento da Amazônia (FDA) e do Desenvolvimento do Nordeste (FNDE) tiveram corte de R$ 1,5 bilhão. Curiosamente, regiões que votaram maciçamente na, então, candidata Dilma. 

Em junho deste ano, o maior dos ministérios da história republicana chegará a 40 integrantes. No Brasil que Lula inventou e Dilma preside:

NÃO SAIBA A TUA MÃO ESQUERDA O QUE FAZ A DIREITA. 

http://www.casadebbby.blogger.com.br/maos_maos.jpg

Sem comentários:

Enviar um comentário